A+ A A-

Porrada, tiro e bomba

  • 0

– … como eu ia te dizendo, meu amigo, a impressão que se tem quando as coisas são vistas apenas e tão somente através da televisão ou da internet não tem nada a ver com a totalidade do fenômeno em sua real manifestação.

Leia mais ...

Será? (Crônica de vizinhança)

  • 0

A vida não anda fácil nem pras pombinhas. Quando não comem milho com esterilizantes ou com veneno, quando não viram recheio no pastel dos china, torram na rede elétrica das cidades.

Leia mais ...

Mãe, fala pra ele que a Laura tá bem!

  • 0

Era um domingo pé de cachimbo. Eu tinha seis anos de idade. Foi a primeira vez que aconteceu. A primeira de muitas vezes que experimentei aquela coisinha a mais que existe entre o céu e a terra. Engraçado como os fatos mais simples são os que mais vacilamos pra acreditar.

Leia mais ...

Ele escuta a mãe d'água cantar

  • 0

      

A ideia era simplesmente partirmos mar a dentro. Pessoas em estado se desespero numa espécie de tratamento para as dores da alma. O organizador da cura, o psicólogo e terapeuta holista Gênesis da Silva, decidiu que seria melhor partirmos apenas em número de dez pacientes.

Leia mais ...

Virado à Paulista

  • 0

Hora de deitar e dormir. Vira pra cá…. Vira pra lá… vamos fazer um chá… uma da manhã… duas… três… vamos tomar outro chá… vira prá cá… róla prá lá…. de modo que, antes dos quarenta anos, já somos velhos profissionais da insônia.

Leia mais ...

A única vez do Joca

  • 0

Foi pura vontade conhecer o outro e mesmo que não dando em nada… visto que, e se na investigação Dele surgisse um outro mim mais forte...? Daria tese de doutorado com bolsa da FAPESP, caso o caso fosse levado pras arraias da ciência especulativa: “A única vez do Joca: contribuição para os usos e costumes capitais da nossa gente”.

Leia mais ...
Assinar este feed RSS