A+ A A-

Nós que aqui estamos, de vós nos lembramos (e lembraremos ainda mais)

  • 0

Desde que o homem começou a viver em sociedade, o ato de se reunir sempre foi uma constante, pelo próprio fato do aspecto gregário inerente ao ser humano. Reunia-se para a caça, a pesca, a colheita de frutos, para celebrar uniões, atacar, se defender, enfim, a humanidade tem-se reunido inúmeras vezes durante as eras para as mais variadas coisas. Mas, mesmo perdidos na matemática exorbitante do Tempo, algumas vezes os homens reúnem-se para praticarem aquilo que realmente nos define como uma a única espécie pensante no planeta: o Bem.

Leia mais ...

On the road ou uma pequena prece para Kerouak

  • 0

Era novamente eu e a estrada. A vastidão do nada à frente e a mesmice do que ficou para trás, os horizontes que atravessavam as janelas do veículo, celerados, assustados e velozes. Não, acho que era eu quem corria demais. O pé direito afundado no acelerador me dava uma vaga suspeita disso.

Leia mais ...

Mãe Mônica

  • 0

De um estalo postou-se de pé. A bem da verdade, o estalo deu-se na cabeça: o corpo demorou um pouco a seguir comando. Mirou tudo ao redor e achou que era hora de fazer algo, aluir. Uma volta no sobrado, perscrutando cada pormenor, cada cômodo, vistoriando.

Leia mais ...

Livre Arbítrio

  • 0

Um despertar de raiva. Há vários jeitos de se acordar, mas o despertar raivoso realmente preocupava. Sempre descambava em merda. Em dias destes, já tinha largado ótimos empregos, terminado bons namoros, destratado péssimas amantes, mudado toda uma vida.

Leia mais ...

Fim de semana amoroso ou da efemeridade do eterno

  • 0

Ela vivia entre cifras e números. Trainee de uma multinacional, MBA quase concluído, ótimas notas, curriculum perfeito; ele, entre palavras e estrofes. Poeta semi-profissional, escritor por opção, ex-executivo, ex-empresário, extenuado pela busca da carreira correta, alguns contos reconhecidos, alguns rabiscos elogiados.

Leia mais ...

Depois daquele beijo

  • 0

Foi quando meu mundo ruiu. Até ali havia sido o bom filho, o vizinho calado, marido querido, aluno aplicado, todos aqueles adjetivos que fazem com que alguém sinta-se fazendo parte de algo, do lado glorioso e faceiro da vida.

Leia mais ...
Assinar este feed RSS